terça-feira, 10 de Novembro de 2009

Características do código genético

Universalidade – desde os organismos mais simples aos mais complexos, há uma linguagem comum a quase todas as células.
Redundância – vários codões são sinónimos, ou seja, codificam o mesmo aminoácido.
Não-ambiguidade – a cada codão corresponde apenas um aminoácido.
O terceiro nucleótido de cada codão não é tão específico como os dois primeiros.
O tripleto AUG tem dupla função – codifica a metionina e é o codão de iniciação.
O tripleto UAA é o codão de finalização ou “stop”.

Sem comentários: